Exposição Temporária

Na Casa Fernando Pessoa há uma sala para exposições temporárias.

Este espaço, integrado no percurso da Exposição de Longa Duração, fica no segundo piso, dedicado à Biblioteca Particular de Fernando Pessoa. Mesmo ao lado da sala onde se encontram os livros que pertenceram a Fernando Pessoa, a sala de exposições temporárias pode acolher mostras relacionadas com Fernando Pessoa, em diálogo com textos literários, motivadas pela sua leitura.

Já passaram por esta sala a projeção do filme O Passageiro, de Luís Alves de Matos (2018), a exposição de fotografia:
 Pessoas com Relações com Pessoa, de Pedro Matos Soares e Carlos Pittella;
Marionetas da Comédia de Dante: folhas que o vento colhe que mostrou cerca de 90 marionetas feitas por Alberto Manguel;
Perdidos mas não tanto, em que peças de artistas do coletivo Manicómio se cruzaram com a exposição de longa duração da Casa Fernando Pessoa;
Jogo do Desassossego: Algures no labirinto do que realmente sou, uma exposição-jogo que comemorou os 40 anos da primeira edição do Livro do Desassossego;
a instalação imersiva A mais terna ilusão (revisited), uma proposta de UMCOLETIVO sobre O Marinheiro, drama estático que Fernando Pessoa escreveu em 1913.